"Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas, continuarei a escrever"

Clarice Lispector

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Destino

Eu realmente acredito em destino, mas acredito também que ele é flexível. Porque dependendo das suas atitudes e decisões você pode mudá-lo. Passei a minha vida inteira tentando entender por que certas coisas tão ruins estavam acontecendo comigo e se eu realmente merecia viver aquilo. Hoje entendo. Se eu não tivesse passado por tudo aquilo, eu não seria forte como sou hoje, não entenderia tantas coisas como entendo e, provavelmente, sofreria bem mais do que eu sofro. Porque com a experiência que eu adquiri ao longo do tempo, aprendi a perceber quem as pessoas realmente são sem nunca ter falado com elas, consigo identificar quando algo vai dar merda, saber qual é o momento certo de fazer certas coisas e como superar problemas que parecem insuperáveis. E vi que destino é uma coisa engraçada, ele é bem previsível até. Quando você quer muito que algo aconteça dificilmente vai acontecer e quando você não quiser mais, então irá acontecer. Por isso William Shakespeare já dizia:
"O destino é o que baralha as cartas, mas nós somos os que jogamos."
Então não espere demais do seu destino, não fique querendo demais porque tudo vai acontecer como e quando tiver que acontecer e isso é o bom da vida, se surpreender positivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário